Após pressão popular, governador do Acre diz que vai baixar imposto do combustível

Cidades | 06 de Fevereiro de 2020

O governador Gladson Cameli anunciou na tarde desta quarta-feira, 5, que vai assinar a proposta de redução do ICMS com o objetivo de baixar o preço dos combustíveis ao consumidor final.

 

A ideia do Governo Federal é alterar a legislação que referenda a cobrança do imposto para provocar a diminuição do preço. O acreano, segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP), paga o segundo preço mais alto pelo litro de gasolina em todo o país.

 

 

Gladson atendeu a pressão popular, já que sabe que se as medidas adotadas por Bolsonaro com a anuência dos governadores resultarem em baixa no preço dos combustíveis é importante para seu governo que passa por um momento difícil com a escalda da violência e a reprovação pela população das estratégias adotadas até o momento para combater a criminalidade.

 

A intenção do governo Bolsonaro é mudar a atual tributação estadual sobre os combustíveis.

 


Por outro lado, a redução do ICMS provoca outra preocupação ao governo. A fatia do imposto para as contas públicas estaduais é de 30% de tudo que é arrecadado. Isso significar que Gladson vai ter que adotar medidas de contenção de gastos.

 

A medida dever ser assinada por Gladson e demais governadores favoráveis à proposta na terça-feira da próxima semana, dia 11.

• Fonte: Ac 24 horas


Prefeito é amarrado em carro e arrastado por não cumprir promessa

Facebook

©Copyright 2018 - Todos direitos reservados a Rondônia Geral

O site não se responsabiliza por conceitos emitidos nos artigos e nas colunas assinadas e também pelo conteúdo dos anúcios de terceiros.