Conheça 5 aplicativos gratuitos para substituir o WhatsApp

Cidades | 05 de Outubro de 2021

O WhatsApp, aplicativo de mensagens mais popular do Brasil, está fora do ar desde o começo da tarde desta segunda-feira (4). O app caiu junto com o Facebook e Instagram, todos pertencentes à rede social de Mark Zuckerberg.

 

O Adnews listou algumas opções seguras para substituir o WhatsApp:

 

1) Line

 

Criado no Japão, o app existe desde 2011 e permite a publicação de informações no formato de linha do tempo, tal como acontece no Facebook. Além disso, é possível ligar para pessoas que estejam usando o programa no computador. Quem baixa o app faz ligações, compartilha vídeos, fotos e troca mensagens instantâneas.

 

2) WeChat

 

Assim como o WhatsApp, o WeChat faz chamadas e envia mensagens. A diferença é que, neste app, também é possível fazer chamadas de vídeo em grupo. Ou seja, você reúne vários amigos e consegue ver cada um deles numa parte da tela. O app está disponível nos principais sistemas operacionais.

 

3) Viber

 

Outro app gratuito e uma concorrência pesada para o WhatsApp é o Viber. Ele possui todas as funções que o app bloqueado no Brasil tem. Porém, suas chamadas por áudio possuem uma qualidade superior e o Viber também tem emojis diferentes. Para quem procura novidades, esta é uma ótima opção.

 

4) Telegram

 

A internet só fala deste app como o grande substituto do WhatsApp. O app é recente e surgiu em 2013 como concorrente das opções acima. Também utiliza os contatos da agenda para interação, é gratuito e permite que o usuário personalize cada janela de conversa com uma imagem específica.

 

5) Discord

 

O Discord é um app de chat por texto, áudio ou vídeo criado para unir comunidades de gamers, mas que com o tempo, evoluiu para se tornar uma ferramenta para usuários de todos os tipos, desde os que só querem conversar entre amigos, até grupos de trabalho em ambientes corporativos.

• Fonte: Adnews


Cobra saindo de vaso sanitário deixa mulher em pânico; veja o vídeo!

Facebook

©Copyright 2018 - Todos direitos reservados a Rondônia Geral

O site não se responsabiliza por conceitos emitidos nos artigos e nas colunas assinadas e também pelo conteúdo dos anúcios de terceiros.